Corrosão por fadiga em tubulação de caldeira

Compartilhe:
Resumo

Este estudo teve como objetivo determinar as causas de falhas ocorridas na tubulação de uma caldeira de recuperação. Para tal, foram realizados diversos exames, ensaios e análises em tubos pertencentes a esta caldeira, um dos quais havia sido perfurado. A partir dos ensaios e análises realizados, concluiu-se que a falha ocorrida no tubo da caldeira foi devida à propagação de uma trinca, a partir da superfície externa do tubo, que se uniu a um ponto de corrosão localizada presente na superfície interna, determinando a perfuração do tubo. A ocorrência de corrosão localizada na superfície interna pode ser atribuída à agressividade do meio, no qual foi encontrado o elemento enxofre, agressivo ao aço-carbono. A presença de trincas foi resultado de um mecanismo de corrosão sob fadiga. As tensões cíclicas, responsáveis pela ocorrência de corrosão sob fadiga, foram atribuídas às tensões geradas por flutuações térmicas, comuns em tubos de caldeira, especialmente em soldas.


Referência
 PANOSSIAN, Z.; PAGOTTO JUNIOR., S.O.; BARRETO, R.; BURH, A. Corrosão por fadiga em tubulação de caldeira. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CORROSÃO, INTERCORR, 28., 2008, Recife . Anais…

Acesso ao artigo no site da ABRACO:
https://abraco.org.br/src/uploads/intercorr/2008/INTERCORR2008_081.pdf

INSCREVA-se em nossa newsletter

Receba nossas novidades em seu e-mail.

SUBSCRIBE to our newsletter

Receive our news in your email.