Chamamento para centros de inovação

Compartilhe:
Atualizado em 16 de março de 2021

O Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e a Fundação de Apoio ao IPT (FIPT) tornam público  o chamamento para a instalação de Centros de Inovação com a finalidade do desenvolvimento de atividades conjuntas de pesquisa científica e tecnológica e de desenvolvimento de tecnologias, produtos, serviços ou processos e, ainda, de capacitação de recursos humanos, no âmbito do Programa IPT Open Experience. Assim, o chamamento público 002/2019 – publicado em 31 de julho de 2019 – está revogado.
 
Foram atualizados os termos do chamamento divulgado em 31 de julho de 2019 e, ademais, esclarecidos pontos omissos no chamamento original – além disso, foram contemplados pontos de melhoria constatados durante a publicação da primeira versão do chamamento, de modo a tornar a sua redação mais clara e objetiva.
 
Entre as novidades, está a inclusão da planta do terceiro pavimento do Prédio 01, inicialmente destinado ao Hub de Inovação, para uso provisório ou para projetos estratégicos em parceria com o IPT. Foram incluídas também as plantas do galpão do prédio 01 e do térreo do prédio 50 (parte do prédio)
 Valores investidos poderão ser compensados nos termos da metodologia de abatimento, bem como está prevista a hipótese facultativa de o IPT alocar recursos financeiros e assumir a obrigação de realizar as obras a fim de executar projetos em conjunto
Valores investidos poderão ser compensados nos termos da metodologia de abatimento, bem como está prevista a hipótese facultativa de o IPT alocar recursos financeiros e assumir a obrigação de realizar as obras a fim de executar projetos em conjunto
para a implantação de projetos.
 
Está reforçada no novo documento a ideia de a empresa apresentar um projeto básico para a instalação de um Centro de Inovação. Os valores investidos poderão ser compensados nos termos da metodologia de abatimento, bem como está prevista a hipótese facultativa de o IPT alocar recursos financeiros – desde que haja previsão orçamentária –  e assumir a obrigação de realizar as obras a fim de executar projetos em conjunto no Centro de Inovação.

Do mesmo modo, o novo texto possui uma nova formatação nos fundamentos, mas permanecem inalterados seus princípios iniciais. O texto, ainda, descreve com mais clareza os aportes financeiros e econômicos para refletir todas as necessidades financeiras à implementação dos Centros de Inovação, além de incluir a modalidade para Lei de Informática, de acordo com seus regramentos específicos.
 
A adesão da instituição poderá ser efetivada por meio de apresentação de uma manifestação de interesse e de um plano de trabalho detalhado para realizar atividades de P&D&I pretendidas. Também será necessária a apresentação do projeto de engenharia para indicar as intervenções físicas a serem realizadas no ambiente. 

HISTÓRICO: Em julho de 2019, o IPT lançou a iniciativa denominada IPT Open Experience, visando promover a integração de empresas, governos, Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (ICTs), investidores, organizações da sociedade civil, startups, consultorias de negócios inovadores e agentes fomentadores, entre outros, em um mesmo ambiente, conectando-os a uma infraestrutura tecnológica e de negócios propícios ao desenvolvimento de tecnologias hardtechs, de pesquisa aplicada e de capacitação de recursos humanos.

Uma empresa aderiu até agora à modalidade de centro de inovação (Granbio) e cinco estão afiliadas ao modelo de hub de inovação (Siemens, Siemens Energy, Kimberly Clark, 3M e Klabin)
 
Clique abaixo e leia o novo chamamento na íntegra – para saber mais sobre o IPT Open Experience, acesse https://ipt.br/openexperience/
 
 

INSCREVA-se em nossa newsletter

Receba nossas novidades em seu e-mail.

SUBSCRIBE to our newsletter

Receive our news in your email.