Prêmio Milton Vargas

Compartilhe:
Com o objetivo de valorizar e reconhecer obras e empreendimentos, assim como os profissionais de destaque ao longo do ano no segmento da engenharia geotécnica no Brasil, a Editora Rudder (detentora dos títulos ‘Engenharia Civil’ e ‘Fundações & Obras Geotécnicas’) criou o Prêmio Milton Vargas. O evento chegou à quarta edição este ano e a reportagem ‘Desenvolvimento e Validação de Tecnologias para Remediação de Solo e Água Subterrânea Contaminados com Organoclorados’, escrita a partir de um projeto desenvolvido pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), foi a premiada na categoria Ambiental.

Pesquisadoras do IPT Sandra Lucia de Moraes (à esq) e Claudia Echevenguá Teixeira participaram da cerimônia de premiação. Crédito foto: Michelly Novo
Pesquisadoras do IPT Sandra Lucia de Moraes (à esq) e Claudia Echevenguá Teixeira participaram da cerimônia de premiação. Crédito foto: Michelly Novo
A premiação leva o nome de um dos principais engenheiros do País, reconhecido por seu trabalho pioneiro no ramo, e o prêmio é uma maneira encontrada pela editora de homenagear e destacar obras e profissionais que foram divulgados na revista ‘Fundações & Obras Geotécnicas’. A eleição nas nove categorias – Ambiental; Fundações; Geossintéticos; Inovação; Obra de Fundações; Obra de Infraestrutura; Obra de Sustentabilidade; Obra de Solução Inteligente e Profissional do Ano – é feita por um corpo de 45 jurados.

“Falo em nome de uma equipe de mais de 40 pesquisadores e técnicos que contribuíram, estudaram e se dedicaram ao longo de quatro anos para chegarem ao resultado do projeto, contando com recursos do BNDES para as pesquisas”, declarou a pesquisadora Sandra Lucia de Moraes, do Laboratório de Processos Metalúrgicos do IPT, no evento de premiação.

Leia abaixo a cobertura do evento na íntegra:

INSCREVA-se em nossa newsletter

Receba nossas novidades em seu e-mail.

SUBSCRIBE to our newsletter

Receive our news in your email.