Metodologia empregada na identificação de descolamento de revestimento sintético texturizado aplicado sobre emboço de parede e fachadas devido a presença de umidade e sais solúveis

Compartilhe:
Resumo:

No último quadriênio constatou-se considerável aumento de manifestações patológicas em sistemas de revestimentos constituídos por argamassas inorgânicas + revestimentos sintéticos texturizados (RST) ou pinturas látex, em paredes sujeitas à ação da umidade, por exemplo, devido eflorescência de sais solúveis. Este trabalho apresenta a metodologia utilizada na identificação das causas de descolamento de revestimento sintético texturizado. Os dados obtidos in loco mostraram excesso de umidade no sistema de revestimento e presença de material friável na interface emboço-RST. Os resultados laboratoriais corroboraram os dados in loco, indicando que a argamassa de emboço possuía sais solúveis e elevado coeficiente de absorção capilar.


Referência:
BECERE, Osmar Hamilton; SANTOS, Alexandre Cordeiro dos; AUGUSTO, Leandro. Metodologia empregada na identificação de descolamento de revestimento sintético texturizado aplicado sobre emboço de parede e fachadas devido a presença de umidade e sais solúveis. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE TECNOLOGIA DAS ARGAMASSAS, 13., 2019, Goiânia, 2019. Anais… 6 p.

INSCREVA-se em nossa newsletter

Receba nossas novidades em seu e-mail.

SUBSCRIBE to our newsletter

Receive our news in your email.