Procedimentos metodológicos para identificação de áreas potenciais à produção de sedimentos na sub-bacia Tietê/cabeceiras, da Bacia Hidrográfica do Alto Tietê, Estado de São Paulo

Compartilhe:
Resumo:

O presente trabalho apresenta os procedimentos metodológicos utilizados para identificação das
áreas potenciais à produção de sedimentos na Sub-Bacia HidrográficaTietê/Cabeceiras, a qual
ocupa a porção leste da Bacia Hidrográfica do Alto Tietê, pertencente à Unidade Hidrográfica de
Gerenciamento de Recursos Hídricos do Alto Tietê (UGRHI – 6) do Estado de São Paulo. Foram
gerados vários planos de informação dos fatores envolvidos nos processos erosivos utilizando-se
o Sistema de Informação Geográfica (SIG). O cruzamento desses planos de informações
possibilitou a elaboração de produtos cartográficos, objetivando selecionar áreas potenciais à
produção de sedimentos. A Sub-bacia selecionada é constituída principalmente por áreas de
média e alta suscetibilidade à ocorrência de processos erosivos. Com relação às áreas potenciais
à produção de sedimentos, a Sub-Bacia apresenta cerca de 80% da sua área com baixa e média
potencialidade.


Referência:

HELLMEISTER JR., Zeno; CORSI, Alessandra Cristina; ALMEIDA FILHO, Gerson Salviano de; ALMEIDA, Maria Cristina Jacinto de; IKEMATSU, Priscila; FROTA; Aluízio de Souza. Procedimentos metodológicos para identificação de áreas potenciais à produção de sedimentos na sub-bacia Tietê/Cabeceiras, da bacia hidrográfica do alto Tietê, Estado de São Paulo. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE GEOLOGIA DE ENGENHARIA AMBIENTAL, 14., 2013, Rio de Janeiro. Anais… 10 p.

INSCREVA-se em nossa newsletter

Receba nossas novidades em seu e-mail.

SUBSCRIBE to our newsletter

Receive our news in your email.