Atenção às explosões!

Compartilhe:
Você sabia que temos mais celulares ativos do que pessoas vivendo no Brasil? De acordo com dados divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), no início de 2018 existiam mais de 235 milhões de linhas móveis em operação no país contra 208 milhões de habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Acidentes causados pela explosão desses aparelhos podem deixar pessoas feridas e, apesar de serem raros, geram grande repercussão nas redes sociais e na mídia, assim como preocupação nos usuários. O pesquisador Mario Leite Pereira Filho, do Laboratório de Equipamentos Elétricos e Ópticos do IPT, foi entrevistado pelo jornal Bom Dia Brasil, telejornal matinal da TV Globo, no dia 19 de julho para esclarecer as causas do superaquecimento em telefones celulares e como ele pode ser evitado.

Confira abaixo a reportagem!

[vid=172,chapeu=,breve_descricao=]

INSCREVA-se em nossa newsletter

Receba nossas novidades em seu e-mail.

SUBSCRIBE to our newsletter

Receive our news in your email.