Diagnóstico de organismos xilófagos em edificações

Compartilhe:
Os cupins, brocas de madeira e fungos podem afetar as madeiras utilizadas em uma edificação, causando grandes prejuízos. O método IPT para avaliação de problemas de biodeterioração em edificações envolve inspeção da sanidade biológica de cada componente de madeira com uso de técnicas não destrutivas, identificação do organismo xilófago, mapeamento das ocorrências e quantificação de danos.

Somente após esta inspeção é possível realizar um diagnóstico dos problemas da edificação – fundamental em projetos de conservação e restauração do patrimônio histórico. O resultado da avaliação inclui a proposição de medidas curativas e preventivas para controle dos organismos, como:

  • Tratamento da madeira, com foco no uso de produtos preservativos de menor toxidez; melhoria de detalhes construtivos (projeto)
  • Seleção de espécies de madeira ou uso de madeira tratada para substituições
  • Análise estrutural, quando há risco de ruína
  • Monitoramento contínuo do problema

INSCREVA-se em nossa newsletter

Receba nossas novidades em seu e-mail.

SUBSCRIBE to our newsletter

Receive our news in your email.