Planos de gestão de riscos geológico-geotécnicos

Compartilhe:
A ocorrência de processos geológicos-geotécnicos (escorregamentos, erosão, solapamento de margens, assoreamento, inundação, colapsos e subsidências) afeta praticamente todas as regiões brasileiras, tanto em áreas urbanas como rurais e empreendimentos. Esses processos, além dos evidentes danos econômicos e ambientais, podem levar à perda de vidas humanas.
Escorregamento e solapamento de margem em Blumenau, SC, novembro de 2008.
Escorregamento e solapamento de margem em Blumenau, SC, novembro de 2008.

O IPT possui uma atuação histórica na identificação e mapeamento desses processos e análise dos riscos a eles associados. Realiza pesquisas e serviços que visam à elaboração de diagnósticos e prognósticos para a prevenção de acidentes, estabilização e recuperação de áreas atingidas, propondo medidas de prevenção e mitigação estruturais e não-estruturais, e desenvolvendo planos de gerenciamento de áreas de risco. Além disso, realiza atividades de monitoramento hidrossedimentológico, com desenvolvimento e aplicação de novas metodologias, para gestão do uso do solo e da água.

O Instituto atende também a situações de emergência e realiza o treinamento e capacitação de equipes técnicas de órgãos públicos e da população em geral, praticando ações em conjunto com as defesas civis municipais, estaduais e federal a partir de metodologias (desenvolvidas por suas equipes) aceitas e adotadas como referência pelas mais diversas instituições nacionais.

INSCREVA-se em nossa newsletter

Receba nossas novidades em seu e-mail.

SUBSCRIBE to our newsletter

Receive our news in your email.