Mapeamento acústico

Compartilhe:
O investimento das construtoras em mapeamento acústico é o tema da reportagem de cinco páginas publicada na revista bimestral Alumínio & Cia, edição de março/abril da Alcoa Alumínio. A matéria tem como proposta subsidiar os profissionais do setor a desenvolverem empreendimentos com melhores desempenhos.

Entre os especialistas entrevistados está o pesquisador Marcelo de Mello Aquilino, do Centro Tecnológico do Ambiente Construído do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT). Ele explicou que no Brasil é realizada em ampla escala a medição da área em que um edifício será construído para que seja indicado um valor predominante em decibéis: “Por meio desse levantamento o projetista tem parâmetros suficientes para determinar as barreiras acústicas e isolamentos necessários para assegurar um bom desempenho”.

A revista destaca a importância de atender a NBR 15.575 – Norma Brasileira de Desempenho de Edifícios, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), para que o empreendimento proporcione conforto acústico. Segundo o pesquisador, não existe um projeto padrão que proporcione o conforto que as construtoras e o consumidor final desejam. “É preciso que seja realizado um mapeamento acústico personalizado, para funcionar de acordo com as necessidades do empreendimento, a partir das características de cada região”, afirma ele.

Leia a reportagem na íntegra:

INSCREVA-se em nossa newsletter

Receba nossas novidades em seu e-mail.

SUBSCRIBE to our newsletter

Receive our news in your email.