Pré-tratamento físico e processos de adensamento de biomassa

Compartilhe:
Pellets de biomassa
Pellets de biomassa

Biomassas são fontes renováveis de energia, podendo ser usadas como substituto para combustíveis fósseis. Constituem-se em resíduos agrícolas (palhas, bagaços, cascas de diversas culturas) ou em espécies cultivadas especificamente para este fim. No entanto, a biomassa em seu estado original apresenta características que dificultam ou até impossibilitam seu uso em processos industriais: densidade relativamente baixa de energia, grande volume que dificulta o transporte, tamanho não uniforme e umidade elevada.

Assim, o pré-tratamento é uma etapa importante nos processos de valorização destes resíduos orgânicos visando a produção de energia, combustível ou produtos químicos, através dos processos de hidrólise enzimática e gaseificação.

De acordo com o processo subsequente, o pré-tratamento pode envolver as etapas de caracterização da biomassa, moagem, secagem, adequação granulométrica, aglomeração (pelletização e briquetagem). Essa técnica possibilita uma melhor logística de transporte e beneficiamento dos resíduos orgânicos para uso como fonte alternativa de energia e combustível.

O IPT dispõe de infraestrutura para realizar pesquisas básicas e desenvolvimento de processos de pré-tratamento e de adensamento de biomassa.

INSCREVA-se em nossa newsletter

Receba nossas novidades em seu e-mail.

SUBSCRIBE to our newsletter

Receive our news in your email.