Áreas de risco na região de Campinas

Compartilhe:
Geólogos do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) estão realizando um mapeamento das áreas de alto e muito alto risco, deslizamentos e inundações em 31 municípios abrangidos no Plano Preventivo de Defesa Civil do estado de São Paulo. Onze cidades da Região Administrativa de Campinas foram incluídas no projeto e os trabalhos iniciados na segunda-feira, 22 de abril, foram destaque em diversos veículos regionais.

Em visita para o trabalho de campo nas cidades de Santa Bárbara D’Oeste, Nova Odessa e Hortolândia, os pesquisadores Marcelo Fischer Gramani e Fabrício Araújo Mirandola, do Laboratório de Riscos Ambientais, explicaram à reportagem como é feito o trabalho de identificação dos pontos críticos nos municípios, muitos deles com dados defasados ou mesmo sem informações disponíveis. Os relatórios serão entregues à Defesa Civil do Estado de São Paulo, que irá municiar as cidades com os dados coletados.

Acesse abaixo algumas das reportagens apresentas em TV, rádio e mídia impressa:

[vid=136,chapeu=Áreas de Risco na Região Administrativa de Campinas – EPTV – 23 de abril,breve_descricao=]

INSCREVA-se em nossa newsletter

Receba nossas novidades em seu e-mail.

SUBSCRIBE to our newsletter

Receive our news in your email.