Casas melhores

Compartilhe:
A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) publicou no último dia 19 de fevereiro as seis partes da norma NBR 15.575 – Desempenho de Edificações Habitacionais, criada com o objetivo de garantir qualidade a partir de uma série de requisitos mínimos. Cento e cinquenta dias após a sua publicação, a norma entrará em vigor em 19 de julho; as principais mudanças para construtoras, companhias de habitação e usuários estão descritas em artigo publicado na edição de abril da Revista Notícias da Construção, publicada pelo Sindicato da Construção (SindusCom) de São Paulo.

Enquanto a versão inicial da norma em 2008 abrangia somente as edificações de até cinco pavimentos, a aprovada vale para qualquer número de andares. O pesquisador Ercio Thomaz, do Centro Tecnológico do Ambiente Construído do IPT, relaciona no artigo as principais mudanças (incumbências e responsabilidades; critérios e métodos de avaliação relativos à segurança contra incêndios; prazos de vida útil dos projetos; exigências de isolação acústica) e mostra como a definição de regras irá trazer uma caracterização melhor dos materiais e componentes oferecidos para a construção, entre outros benefícios.

Leia abaixo o artigo na íntegra.

INSCREVA-se em nossa newsletter

Receba nossas novidades em seu e-mail.

SUBSCRIBE to our newsletter

Receive our news in your email.