Produtividade reconhecida

Compartilhe:

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) concedeu em 2009 11 bolsas de produtividade em desenvolvimento tecnológico e extensão inovadora – DT a pesquisadores do IPT nas áreas de

Engenharia Química; Geociências; Microbologia e Parasitologia; Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais; Engenharia Mecânica, Naval e Oceânica e Aeroespacial.

O objetivo da bolsa é distinguir o pesquisador e valorizar sua produção nessa modalidade, segundo critérios estabelecidos pelo comitê avaliador do CNPq. Com início previsto para o mês de maio de 2010 a bolsa tem duração de 36, 48 ou 60 meses, dependendo da categoria, e o seu valor varia de acordo com o enquadramento do pesquisador. O candidato a bolsista deveria possuir título de doutor ou perfil tecnológico correspondente, estar vinculado a instituições de pesquisa e ensino e inscrever um projeto de pesquisa inovador diretamente relacionado à sua área de atuação.

Catia Fredericci, pesquisadora do Laboratório de Metalurgia e Material Cerâmico do CTPP e uma das contempladas, escreveu um projeto para desenvolver uma pasta de tinta de prata com partículas nanométricas para aplicação automobilística. Estas pastas são constituídas por vidro, prata e resinas. O intuito é substituir o uso de óxido de chumbo – prejudicial à saúde – em vidros, mantendo a resistência química, alta qualidade e preços competitivos para a indústria nacional. O trabalho será realizado em parceria com os pesquisadores Mario Gongora e Marcelo Seckler, ambos do CTPP.“Queremos contribuir para o desenvolvimento do grupo de pesquisa em síntese de materiais nanoestruturados”, afirma Fredericci, que desenvolverá o projeto em 36 meses.
check it out

Aquífero Guarani no interior de São Paulo
Aquífero Guarani no interior de São Paulo

Outro pesquisador contemplado foi José Luiz Albuquerque Filho, pesquisador do Laboratório de Recursos Hídricos e Avaliação Geoambiental do Cetae. Seu projeto estudará a quantidade de água de chuva que se infiltra no solo para alimentar o manancial subterrâneo (aquífero Guarani), na região de Araraquara, interior de São Paulo.

Em 2009 o CNPq concedeu 72 bolsas na modalidade de desenvolvimento tecnológico e extensão inovadora totalizando 778 mil reais de investimento para o estado de São Paulo. Para o Brasil o investimento foi de dois milhões de reais, de acordo com informações da Assessoria de Estatísticas e Informação (AEI) do CNPq.

Confira abaixo os pesquisadores que receberão a bolsa:

Engenharia Química: Alfredo Eduardo Maiorano e Marcelo Martins Seckler

Geociências: José Luiz Albuquerque Filho e Omar Yazbek Bitar

Microbiologia e Parasitologia: Maria Filomena de Andrade Rodrigues

Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais: Catia Fredericci, Eduardo Albertin, Flavio Beneduce Neto, Joao Batista Ferreira Neto, Mário Boccalini Júnior

Engenharia Mecânica, Naval e Oceânica e Aeroespacial: Alvaro Jose Abackerli

INSCREVA-se em nossa newsletter

Receba nossas novidades em seu e-mail.

SUBSCRIBE to our newsletter

Receive our news in your email.