Patem viabiliza estudo geológico em Aparecida

Compartilhe:

Fonte: Secretaria de Desenvolvimento

A Secretaria de Desenvolvimento assinou nesta terça-feira, 14 de julho, parceria com a prefeitura de Aparecida para realização de estudos do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT). Durante a solenidade de assinatura com o prefeito Antônio Márcio de Siqueira, o secretário de Desenvolvimento, Geraldo Alckmin, ressaltou a importância do programa para prestar suporte aos municípios. “Neste ano, temos 17 ordens de serviço em andamento no Patem para emissão de laudos técnicos, que somam mais de R$ 745 mil”, afirmou.

Adriana Dearo Del Bem, prefeita de Conchas, durante solenidade de assinatura do convênio
Adriana Dearo Del Bem, prefeita de Conchas, durante solenidade de assinatura do convênio

Os trabalhos consistem na caracterização geológico-geotécnica de encosta com 750 metros de extensão, situada nos fundos dos lotes das moradias da Rua Benedito Garcia dos Reis, no Bairro São Francisco. O estudo deverá estar pronto em três meses, com o objetivo de emitir um parecer técnico com as recomendações para conter o escorregamento da encosta.

O investimento total será de R$ 105.742,20. A Secretaria de Desenvolvimento será responsável pelo aporte de R$ 96.277,67 e a prefeitura fará a contrapartida de R$ 9.464,53.

Sobre o Patem

A Secretaria de Desenvolvimento, por intermédio do Programa de Apoio Tecnológico aos Municípios (Patem), financia serviços especializados do IPT para obtenção de laudos técnicos em municípios de pequeno e médio porte. Os temas trabalhados pelo Patem são: planejamento territorial, obras de infraestrutura pública, defesa civil, mineração, cerâmica, resíduos sólidos, recursos hídricos, agricultura irrigada, habitação, distritos industriais, turismo e arranjos produtivos locais.

visit their website
Na última semana, a Secretaria de Desenvolvimento assinou outros cinco convênios, com os municípios de Brotas, Cedral, Conchas, Piquete e Tambaú, para apontar diagnósticos de erosões, assoreamentos e enchentes. No caso das cinco cidades, foram investidos R$ 603.202,25. O Estado responsabilizou-se pelo aporte de R$ 544.537,19 e as prefeituras destinaram R$ 42.787,86.

INSCREVA-se em nossa newsletter

Receba nossas novidades em seu e-mail.

SUBSCRIBE to our newsletter

Receive our news in your email.